São Paulo – Depois de dois acordos preparatórios assinados nos últimos anos, a Odebrecht e o Estado peruano formalizaram nessa sexta-feira (15) o acordo definitivo que estabelece as bases para continuidade da cooperação da empresa com a justiça do país. Para o Grupo Odebrecht esse é mais um importante marco dentro de um amplo processo de colaboração com as autoridades de vários países, que já trouxe resultados efetivos, ajudando a impulsionar avanços estruturais nas relações entre a iniciativa privada e o poder público.

O Peru é o oitavo país com o qual a Odebrecht chega a um acordo. Fazem parte do grupo o Brasil, Estados Unidos, Suíça, República Dominicana, Panamá, Equador e Guatemala. A empresa seguirá buscando entendimentos desta mesma natureza com outros países onde está presente, visando mais segurança jurídica para sua operação e pelo compromisso em apoiar investigações e atuar como um agente de transformação, decisão em linha com a profunda reestruturação realizada em sua governança e implementação de um rigoroso sistema de conformidade global.





Últimas notícias
OEC tem novo presidente
Após deliberação e aprovação do Conselho de Administração, o engenheiro Mauricio Cruz Lopes (47), até então Diretor Superintendente da OEC para América Latina, assume como presidente da ...

Novonor anuncia novo CEO
Héctor Núñez, cubano-americano que mora há mais de 20 anos no Brasil, é o novo presidente da holding do Grupo. Héctor Núñez é o novo Diretor-Presidente da Novonor S.A., holding do Gru...

Empresas da antiga Odebrecht, agora Novonor, ganham Certificado ISO de Gestão Antissuborno
A Novonor, antiga Odebrecht, anunciou hoje (23/6) que após auditoria realizada por empresa internacional conquistou o Certificado ISO 37001 – Sistema de Gestão Antissuborno, um selo marcante na hi...